Com seus cenários bucólicos e patrimônio histórico sem igual, o Alentejo oferece muitas opções de passeios entretenimento, principalmente para os amantes dos vinhos.

Além de uma das maiores regiões vitivinícolas de Portugal e do mundo, o Alentejo origina as melhores marcas da bebida e conta com uma vasta oferta de enoturismo, experiência essencial para quem visita o destino.

Vista do castelo de Marvão, na região do Alentejo

Créditos: Tobiator/iStock

Vista do vilarejo de Marvão, na região do Alentejo

Eleita recentemente na categoria “Enoturismo do Ano”, em premiação realizada pela revista “Wine”, a Herdade do Esporão está localizada em Reguengos de Monsaraz e integrada à Rota Mundial dos Vinhos.

Há quase 20 anos, milhares de visitantes desfrutam os passeios educativos e lúdicos pelas vinhas, a pé ou de bicicleta. Também é possível participar de degustações, visitar as caves e adega e ter experiências gastronômicas incríveis.

Alntejo é produtor de uma variedade de vinhos

Créditos: Divulgação/Turismo Alentejo

Alntejo é produtor de uma variedade de vinhos

Em Campo Maior, pouco mais ao norte da região, o viajante pode ter uma imersão completa, vendo de perto como são feitos os vinhos da Adega Mayor, conhecer suas vinícolas, aprender sobre a produção, degustar os vinhos e até participar das vindimas. Também pode-se fazer passeios de barco, bicicleta e até voos de balão.

Com uma adega moderna, um delicioso restaurante e um hotel de charme em Albernoa, a típica e familiar Herdade da Malhadinha Nova oferece atividades diversas, como degustação de até cinco vinhos, e ainda há a opção de almoçar ou jantar no restaurante. O local ainda proporciona experiências como o pacote Wine Class, com prova de vinhos às cegas, workshops de cozinha utilizando os vinhos da propriedade, entre outros.

Alntejo é produtor de uma variedade de vinhos

Créditos: Divulgação/Turismo Alentejo

Alntejo é produtor de uma variedade de vinhos

Já a Quinta da Esperança, na pequena Estremoz, é onde nascem os vinhos Encostas de Estremoz. Com mais de 100 hectares e capacidade para receber até 70 pessoas, as visitas diárias garantem vistas inigualáveis da bela paisagem, e as provas oferecem vinhos aveludados e saborosos. A cidade também oferece um notável acervo cultural, como a feirinha realizada na praça principal Rossio Marquês de Pombal, com artesanato local, queijos, compotas de frutas e outros artigos típicos.

Mas o melhor é que as opções não acabam por aqui e se estendem por todo o território alentejano. Produtores como Quinta do Quetzal, Casa Agrícola Alexandre Relvas, Monte da Ravasqueira, Herdade de Coelheiros, Cartuxa, Carmim, Cabeças do Reguengo, Ervideira e Herdade do Sobroso, entre outros, também são fantásticas alternativas para conhecer a riqueza do enoturismo na maior região de Portugal.

Fachada do hotel Herdade da Malhadinha Nova

Créditos: Divulgação/Turismo do Alentejo

Fachada do hotel Herdade da Malhadinha Nova